:@ UNIVERSO DO BEBÊ @:

 

HOME ANUNCIE CLASSIFICADOS MÍDIA CADASTRO CONTATO FACEBOOK
:@ UNIVERSO DO BEBÊ @:
Principal

Google
 

 

 

:: INDICAMOS ::

 Produtos para Bebês

Gestantes Online

 
 

:: GESTAÇÃO ::

Ver imagem em tamanho grande

 

Planejamento

A gravidez

Alimentação Ideal

Calculo Parto

Cálculo Ovulação

Exames Médicos

Exercícios

Mães Famosas

Grávida aos 40

Inseminação

Listas

Maternidades

Mitos X Verdades

Primeiros sintomas

Sexo na gestação

Vida no Ventre

Ultrasonografia

Tabela Chinesa

Tipos de Partos

  Artigos
  Dicas
  Enxoval
  Book Gestante
  Moda Gestante
  Vídeos Legais
  AIDS
  Toxoplasmose
 

:: BEBÊS ::

Amamentação

Bebê alérgico

Altura x Peso

Horóscopo

Mapa Astral

Banho

Brinquedos certos

 Cds/Dvds
 Cadeiras para Auto

Creche e Escola

Primeiros cuidados

Dia a dia

Moda

Escolha o nome

Sono

Alimentação

Desenvolvimento

Vacinação

Artigos

Exercícios

Seguro x Planos

Receitas

Dentinhos

 Vídeos legais
 As viagens

 

:: DECORAÇÃO ::

Artesanato

A moda patchwork

Festa de 1 ano

Lembranças

Tendência

Reciclagem

 

:: NOVIDADES ::

 Brinquedos

 Enxoval

 Decoração

 Roupa íntima

 Moda Bebê

 Dia das Mães

 

:: UTILIDADES ::

Promoções

Desenhos

Joguinhos

Concurso Mensal

Seja Patrocinador

Prêmios

Cantigas de Roda

Cálculo Estatura

Babás

Livros Grátis

Retratos de Bebês

  Envie seu artigo
  Historinhas

Termos de Uso

 

:@ UNIVERSO DO BEBÊ @:

 

 

 

 

 

Prevenção de Problemas do Sono do Bebê

Os pais desejam que suas crianças vão para cama sem resistência e durmam durante toda a noite e também desejam ansiosamente dormir 7 ou 8 horas ininterruptas de sono. Recém-nascidos, entretanto têm um limite algumas horas que toleram sem se alimentar, usualmente são 4 ou 5. Perto de 2 meses de idade, cerca de 50% dos bebês que tomam mamadeira dormem durante toda noite. Por volta dos 4 meses, a maioria destas crianças adquiriram esta capacidade. A maioria dos bebês que mamam no peito podem dormir a noite toda perto dos 5 meses de idade.

Considere as seguintes pautas se quiser ensinar ao seu bebê que a noite de sono é uma hora especial para dormir, que o berço é onde deve ficar e que pode voltar a dormir sozinho. É muito mais fácil prevenir os problemas do sono antes dos 6 meses de idade que tratá-los posteriormente.

Recém-nascidos

1. Coloque o bebê no berço enquanto estiver sonolento, mas acordado.

Este passo é muito importante. Sem isto, as outras medidas de prevenção falharão. A última lembrança do despertar do bebê deve ser do berço, não sua ou de ser alimentado. Ele deve aprender a dormir sozinho. Não espere que ele durma tão logo você o deite. Com freqüência leva 20 minutos até que adormeça. Se ele estiver chorando, balance-o e acaricie-o, mas quando acalmar-se, tente colocá-lo no berço antes que ele adormeça. Assim a criança aprenderá a dormir sozinha após um despertar normal. Não ajude sua criança quando não precisar. (Nota: A posição de dormir recomendada pela American Academy of Pediatrics para bebês saudáveis é de costas ou lado.)

2. Segure o bebê quando estiver chorando muito os primeiros 3 meses.

Todos os bebês pequenos choram bastante durante o dia e noite. Se o bebê chorar excessivamente, a causa provavelmente é cólica. Sempre atenda um bebê chorando. Suaves movimentos e carícias parecem ajudar. Bebês não devem ser mimados durante os primeiros 3 ou 4 meses de vida. Porém, bebês com cólicas precisam ser acariciados uns poucos momentos de cada dia enquanto estão sonolentos e não chorando. Nestas ocasiões, coloque a criança no berço e deixe-a aprender a adaptar-se e dormir sozinha.

3. Carregue o bebê por pelo menos 3 horas por dia enquanto não estiver chorando.

Está prática reduzirá o choro exagerado.

4. Não deixe o bebê dormir por mais de três horas consecutivas durante o dia.

Tente acordá-lo gentilmente e o distraia. Deste modo, o tempo que estará dormindo durante a noite será maior. (Nota: Muitos recém-nascidos conseguem dormir cinco horas consecutivas e você pode ensiná-los a destinar este período maior de sono à noite).

5. Reserve nos intervalos de alimentação durante o dia pelo menos 2 horas para recém-nascidos.

Uma maior freqüência de alimentações (como de hora em hora) leva ao bebê despertar mais vezes durante à noite para pequenas alimentações.

Chorar é a única forma de comunicação que os recém-nascidos têm. Chorar não significa sempre que seu bebê está faminto. Ele pode estar cansado, entediado, sozinho ou com muito calor. Segure o bebê nestes momentos ou ponha-o na cama. Não deixe a amamentação tornar-se uma chupeta para o bebê. Para cada vez que você amamenta seu bebê, aconchegue-o 4 ou 5 vezes sem amamentá-lo. Não deixe estabelecer o mau hábito de alimentar toda vez que o segura.

6. Faça alimentações no meio da noite breves e tediosas.

Deve passar ao bebê a idéia de que a noite é especial para dormir. Quando ele acordar à noite para se alimentar, não ligue as luzes, fale com ele, ou balance-o. Alimente-o rapidamente e silenciosamente. Proporcione momentos para brincar e ninar o bebê durante o dia. Isto permite que obtenha longos períodos de sono à noite.

7. Não acorde o bebê para trocar fraldas durante a noite.

As exceções para esta regra são as fraldas sujas com evacuações ou quando estiver tratando uma alergia à frauda. Se tiver que trocar o bebê, use o mínimo de luz possível (por exemplo, uma lanterna), faça isso silenciosamente e destraia-o.

8. Não deixe o bebê dormir na sua cama.

Uma vez que seu bebê esteja acostumado a dormir com você, uma mudança para sua própria cama seria extremamente difícil. Enquanto não é prejudicial para seu bebê dormir com você, você provavelmente não terá uma noite tranqüila. Então porque não ensinar ao bebê a preferir sua própria cama? Aos 2 ou 3 meses, você pode mantê-lo no berço ou em um box perto de sua cama.

9. Dê a última alimentação na hora de você dormir (10 ou 11 da noite).

Tente manter o bebê acordado 2 horas antes da última alimentação. Indo para a cama na mesma hora toda noite ajuda o bebê a desenvolver bons hábitos de sono.

Bebês de dois meses de idade

1. Mude o berço do seu bebê para um quarto separado.

Por volta dos três meses de idade, seu bebê pode estar dormindo em um quarto separado. Isto ajudará os pais que têm sono leve a dormirem melhor fazendo-o esquecer que os pais estão disponíveis se não puder vê-los quando acorda. Se ter quartos separados é impossível, pelo menos levante um pano ou cubra o berço cercando com um cobertor para que seu bebê não possa ver sua cama.

2. Tente atrasar as alimentações do meio da noite.

Por agora, o bebê poderia diminuir para uma alimentação durante a noite (duas para os que são amamentados no peito). Antes de preparar uma mamadeira, tente segurar o bebê brevemente para observar se isto irá satisfazê-lo. Se você tem que alimentá-lo, dê 1 ou 2 partes a menos do que daria durante o dia.

Se estiver alimentando no peito, alimente por menos tempo durante a noite. Se o bebê estiver perto dos 4 meses de idade, tente alimentá-lo uma única vez à noite.

Nunca acorde o bebê à noite para uma alimentação.

Bebês de quatro meses de idade

1. Tente evitar a alimentação das duas da manhã antes que isto torne um hábito.

Perto dos 4 meses de idade, seu bebê (que toma mamadeira) não precisará ser alimentado mais que quatro vezes por dia. Bebês que mamam no peito não precisam de mais que cinco mamadas no dia. Se não eliminar a alimentação da noite nesta hora, ficará mais difícil parar assim que a criança crescer. Lembre-se de dar a última alimentação às 10 ou 11 da noite. Se o bebê chorar à noite, conforte-o com uma massagem nas costas e algumas palavras suaves em vez de alimentá-lo.

Note: Alguns bebês que mamam no peito continuarão precisando de uma alimentação durante à noite.

2. Não permita que o bebê segure a mamadeira ou leve a mamadeira com ele.

Bebês podem pensar que a mamadeira pertence aos pais. Uma mamadeira na cama leva a um choro no meio da noite porque seu bebê inevitavelmente irá alcançá-la e encontrá-la vazia ou no chão.

3. Faça com que qualquer contato no meio da noite seja breve e tedioso.

Toda criança tem quatro ou cinco despertares em cada noite. Elas precisam aprender como voltar a dormir sozinhas nestas horas.

Se o bebê chorar mais que alguns minutos, visite-o mas não acenda a luz, brinque com ele, ou leve-o para fora do berço. Conforte-o com algumas palavras suaves e fique com ele por menos de um minuto. Se o bebê estiver de pé no berço, não tente deitá-lo. Ele pode fazer isso sozinho. Se o choro continuar por mais de dez minutos, acalme-o e fique no quarto até ele adormecer. (Exceções: se sentir que o bebê está doente, faminto ou amedrontado.)

Criança de seis meses de idade

1. Providencie um brinquedo atraente e macio para que sua criança segure no berço.

Na idade dos seis meses a criança começa a sentir a separação dos pais. Um animal de brinquedo, uma boneca ou um cobertor pode ser um objeto de segurança que pode oferecer conforto à criança quando ela acordar no meio da noite.

2. Deixe a porta aberta do quarto do bebê.

Crianças podem tornar-se assustadas quando estão em um espaço fechado e não estão certas que seus pais estão perto.

3. Durante o dia, responda aos medos da separação segurando e tranqüilizando seu bebê. Isto diminui o medo da noite e é especialmente importante para mães que trabalham fora de casa.

Para os temores no meio da noite, faça contatos rápidos e tranqüilizantes.

Cheque o bebê rapidamente e seja tranqüilizadora, porém mantenha a interação tão logo seja possível. Se o bebê for tomado de pânico quando sair ou estiver chorando e vomitando, fique no quarto até que se acalme ou adormeça. Não o tire do berço, mas providencie tudo que precise para reconfortá-lo, mantendo a luz desligada e não falando muito. No mais, sente perto do berço com sua mão encostada nele.

Crianças de um ano de idade

1. Estabeleça uma agradável rotina para ir dormir.

Rotinas para dormir, que podem começar nos primeiros meses, tornam-se muito importantes para uma criança de 1 ano de idade. Crianças precisam de uma rotina familiar. Ambos os pais podem estar envolvidos na hora de dormir, como lendo ou inventando estórias, beijando e desejando à criança "boa noite". Esteja certo que os objetos de segurança da criança estejam por perto. Termine a rotina para dormir antes que a criança adormeça.

2. Uma vez colocada na cama sua criança deverá ficar lá.

Algumas crianças mais velhas têm acesso de raiva na hora de dormir. Elas podem protestar sobre a hora de dormir ou até recusarem-se a deitar. Estes protestos devem ser ignorados. Deve ignorar qualquer pergunta feita ou exigir que a criança durma e reafirmar a regra de que não pode deixar o quarto de dormir. Se a criança sair, volte-a rapidamente para o quarto e não permita qualquer conversa. Se responder aos seus protestos deste modo toda vez, aprenderá a não tentar prolongar a sua hora de dormir.

3. Se sua criança tiver pesadelos ou sentir medo na hora de dormir tranqüilize-a. Nunca ignore os medos da criança ou puna por ter medos. Todos têm quatro ou cinco sonhos por noite, alguns deles podem ser ruins. Se pesadelos tornam-se freqüentes, tente determinar o que os está causando.

4. Não se preocupe com a quantidade de sono que sua criança esta tendo.

Diferentes pessoas precisam de diferentes quantidades de sono em diferentes idades. A melhor maneira de saber que a criança está tendo um sono adequado é se não está cansada durante o dia.

Tirar sonecas são importantes para crianças mais novas, porém mantenha por menos de duas horas de duração. Crianças param de tirar sonecas pela manhã entre os 18 meses e 2 anos de idade e deixam de tirar sonecas a tarde entre os 3 e 6 anos de idade.

Escrito por B . D. Schimitt, M. D., autor de

"Your Child's Health" Bantam Books.
Copyright © 1999 Clinical Reference Systems

Visite

 

 
:::::::::::::UNIVERSO DO BEBÊ@::::::::::::::

Política de Privacidade e termo de uso

© Todos os direitos reservados a HIGH SOLUTIONS Internet Technologies. Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que as fontes sejam citadas.
© Copyright 2000-2011 HIGH SOLUTIONS Internet Technologies

ATENÇÃO: as informações disponibilizadas neste site e fornecidas através da newsletter do Universo do Bebê têm propósitos educacionais e orientadores, e não representam um substituto para aconselhamento e/ou tratamento médico especializado.

 

Developed By